domingo, 4 de dezembro de 2011

Cavalos do CPNV protagonizam clássico da vaquejada no Divina Luz.






As estrelas do Brasileirão, categoria Profissional, decidiram no primeiro dia de fase classificatória da vaquejada do parque Divina Luz, o cenário da disputa com previsão para ser realizada no próximo domingo, 04 de dezembro. Os rivais do Campeonato Portal na Vaquejada ficam, novamente, cara a cara e prometem realizar um verdadeiro clássico entre os melhores da temporada 2011. Desta vez, Holland Jeck (Parque Milanny) e Eternally Cigano (Estácio Varjal) disputam os pontos da penúltima etapa do CPNV.
 
Tradicional entre a vaqueirama, a festa de gado de Arapiraca em Alagoas reúne os melhores competidores do esporte do valeu o boi. A cavalaria do CPNV e os atletas de grande destaque na temporada estão fazendo o boi valer na arena do parque Divina Luz. Na fase de classificatória da categoria profissional iniciada nesta sexta-feira (02), 105 duplas de vaqueiros se apresentaram e 40 duplas estão com vaga garantida para a disputa final. Entre os finalistas, nove montam em animais que competem no Campeonato Portal na Vaquejada.

A disputa pelo troféu mais cobiçado da vaquejada anda mexendo com os corações de chefes de equipe, vaqueiros e amantes do esporte. A expectativa criada em torno do cavalo que será consagrado o melhor animal de puxar – categoria Profissional – do ano esquenta os bastidores do esporte e, com a continuação do embate entre o animal do Parque Estácio Varjal e o garanhão do Maracanã das Vaquejadas, ninguém quer perder um lance. A diferença entre o líder da competição Eternally Cigano e o vice Holland Jeck é de apenas dez pontos.

Outros sete também são finalistas:
Peppy Brian Bar – Renato Queiroz (Parque Cidade dos Cavaleiros)
Nanquim Verde – Genildo Filho (Grupo Bezerra)
Moontex – Robertão (Haras Guararapes)
Super Guga – Iran (Grupo Clóvis Paiva)
Olena Colorado – Zé Múcio (Parque Letícia)
Easy Badger – Dadinho (Parque José Roberto)
Apolo Streak Cash – Clodoaldo (Haras CPMF\Parque Arthur Filho.

POSTADO POR FRANCISCO CAMILO. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário